quarta-feira, 30 de novembro de 2011

GRITO DE AMOR






Meu amor! Meu amor! Mas por que não
hei-de ser para ti a terna amante
que tu tanto desejas, delirante,
em horas de abandono e exaltação?!


É teu todo este amor. Meu coração
que por ti pulsa em sonho inebriante
guarda-te um beijo audaz, febricitante,
beijo feito de fogo e de paixão!

O mundo fala! Mas que importa o mundo
dentro do meu peito, onde nasceu,
existe um grande amor louco e profundo?!

Oh! Vem prender-me num abraço teu...
Que, neste mar de sonho em que me afundo
quero sentir teu corpo junto ao meu! ...

           
Helena Verdugo Afonso
http://belasmensagens.zip.net/arch2010-05-01_2010-05-31.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi... muito obrigada por ler a postagem e enviar seu comentário!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...