segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Tempo de amar

             
Haja o que houver, nunca vou, nem posso te deixar;  
Quero me entregar por completo, ser completamente seu Pois eu já era seu, e não sabia, só não havia te encontrado. E agora que te encontrei, não quero mais nada além de você, nem nunca te perder  

Você não sabe quanta coisa eu faria pra te fazer feliz, quantos sonhos, sonhei para nós. Quero fazer tudo àquilo que você sempre quis Te fazer feliz além do além normal que é ser feliz.. Não quero me forçar na sua vida, nos seus sonhos  

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

UN VASO EN LA MANO DEL ALFARERO

Se cuenta que alguna vez en Inglaterra, existía una pareja que gustaba de visitar las pequeñas tiendas del centro de Londres. Una de sus tiendas favoritas era una adonde vendían vajillas antiguas. 

En una de sus visitas a la tienda vieron una hermosa tacita. “Me permite ver esa taza?”, preguntó la señora… “¡Nunca he visto nada tan fino como eso!”.
En cuanto tuvo en sus manos la taza, escuchó que la tacita comenzó a hablar. 


SILÊNCIO.... é algo tão precioso....




"As palavras dos sábios, ouvidas em silêncio, valem mais do que os gritos de quem governa entre tolos". Ec 9:17

Sonhos um dia acabam



Sonhos um dia acabam
(Braz Campos Durso)

Sim, sonhos um dia acabam.
Quando acabam ficamos com aquela sensação de vazio
Não sabemos onde pisar
Ficamos parados, totalmente inertes
Sentido apenas a respiração ofegante
Ritmar no balanço do coração
Partido em pedaços que talvez
Nunca mais sejam reunidos novamente


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...